Veja os eventos gratuitos que vão rolar ao ar livre em São Paulo neste final de semana.

Evento Passanela, que propõe a ocupação da passarela da av. Rebouças.

Evento Passanela, que propõe a ocupação da passarela da av. Rebouças. Reprodução facebook evento “Passanela”

Da Luz, passando por praças e chegando numa passarela de uma grande avenida, coletivos e projetos de São Paulo tentam ocupar os mínimos espaços da cidade com atividades culturais e sociais, chamando as pessoas para as ruas.

No sábado, 28 de março, tem Passanela, resultado do trabalho promovido pelo Cidades para Pessoas, que desenvolve uma solução para um problema mapeado na cidade: o risco que o pedestre sofre ao atravessar uma avenida sem usar a passarela. Pra isso, o projeto propõe transformar a travessia numa experiência agradável e convida a todos a ocuparem a passarela da av. Rebouças, próximo ao Hospital das Clínicas. A montagem começa a partir das 9h e as 16h tem comemoração com comida chinesa, sorvete, cerveja e música.

As 15 h tem a 17a edição do Karaokê na Praça, pela segunda vez ocupando a Praça Ana Maria Poppovic, próximo ao metrô Sumaré.

11061178_741145389316173_2427314683660205743_n

Ainda no sábado, a Secretaria de Direitos Humanos promove o 10º mutirão multicultural Cidadania nas ruas da Luz, que tem início as 11 h nas ruas Helvetia e Barão de Piracicaba. Organizado pela Casa Rodante, que faz um trabalho diário com os usuários de crack da região, convida as pessoas a ocuparem as ruas com jardinagem, contação de histórias, literatura, poesia e grafite.

No domingo, 29/03, o Itau Cultural vai fechar a rua Leôncio de Carvalho, ao lado do instituto para o evento Se essa rua fosse nossa, que terá contação de histórias para crianças e troca de livros.

A partir das 15h de domingo tem Bike Anjo na Praça dos Arcos ( estação Paulista ou Consolação do metrô). Nessa oficina, ciclistas voluntários ensinam pessoas de todas as idades que querem começar a  pedalar. Para participar é necessário fazer uma inscrição prévia, mas quem quiser passar lá pra conhecer o projeto será bem vindo.

A mudança é lenta, mas irreversível.

A construção de ciclovias, o wi-fi nas praças, a implantação de parklets na cidade e os coletivos e projetos que ocupam áreas antes de passagem como a passarela da av. Rebouças e a região da Luz,  nos levam a acreditar que a necessidade de mudança de um modelo de cidade é um caminho sem volta.

A mobilização do dia 27 de março por ciclovias na cidade, que reuniu cerca de 7.000 pessoas entre ciclistas e não-ciclistas mostra claramente que o cidadão paulistano quer reconquistar o espaço perdido durante anos  e viver numa cidade menos caótica.

Para o arquiteto e professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo ( FAU) Guilherme Wisnik, a cidade está vivendo uma mudança de paradigma:  “É muito claro que nos últimos anos São Paulo ganhou muita intensidade nas ações cidadãs, da movimentação, da organização da sociedade civil em prol do uso da cidade. Alguma coisa aconteceu que de certa forma a consciência cidadã do paulistano se ativou”. – conta Guilherme, que não tem uma resposta certa para o fato, mas arrisca nas manifestações de 13 de junho como um dos motivos que levou a população a refletir sobre a lógica da urbanidade e do direito aos espaços na cidade. “As pessoas perceberam que estavam cansadas de esperar alguma solução que viesse de cima”- completa.

E o poder público consegue acompanhar essas demandas?

Segundo a arquiteta Laura Sobral, do coletivo “A Batata precisa de você“,  o poder público não é homogêneo e a estrutura ainda não está apta a atender as demandas da cidade: “Tem pessoas de lá que apoiam e tentam nos ajudar mas o próprio sistema ainda é muito engessado. Temos que pensar maneiras de mudar a estrutura que não colabora, porque o que acontece na cidade é muito mais rápido do que a estrutura pública consegue atender”. – afirma Laura.

Mas se cada um fizer a sua parte, o resultado com certeza será de uma cidade cada vez melhor!

Anúncios
Esse post foi publicado em cidadania, intervenção urbana, ocupação, sustentabilidade, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s